sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Exageros do Photoshop. Marca de roupas condena mulher a corpo de menina

Estou lendo: Exageros do Photoshop. Marca de roupas condena mulher a corpo de menina

A discussão já não é nova. O Photoshop domina o mercado publicitário tão forte quanto os contratos milionários que os seguem. Toda imagem precisa de retoques? Onde está a originalidade e qual é a verdadeira busca da perfeição?


Desta vez, a marca Ralph Lauren rompeu com uma das suas modelos por achar que estaria muito gorda para representar os produtos que levam a sua assinatura. Para piorar, eles aproveitaram apenas o rosto da top e, de forma muito amadora, jogaram a composição do rosto de Filippa Hamilton em um corpo de criança. Parece exagero, mas não é. Vejam a imagem abaixo e acompanham a matéria da FOLHA ONLINE.


A modelo Filippa Hamilton para Ralph Lauren, nas versões com e sem retoques de computador


Modelo da Ralph Lauren diz que foi demitida por estar gorda
da Folha Online


A modelo Filippa Hamilton, 23, que ficou famosa após sua imagem ser distorcida por computador para uma campanha publicitária da Ralph Lauren, afirma que seu contrato com a marca foi encerrado porque ela estava "muito gorda".


Segundo informa reportagem do jornal "El País", publica hoje, a modelo trabalhava para a marca havia sete anos, e seu contrato foi encerrado em abril último, com a empresa alegando que Filippa "havia engordado muito e não cabia em suas roupas".


Ao ser perguntada sobre a famosa imagem, a modelo disse que ficou muito surpreendida ao ver "essa criança super magra com a minha cara", e acrescentou que acha "muito triste que a Ralph Lauren tenha feito algo assim".


Seu advogado, Geoffrey Menin, declarou que a fotografia é "uma grave manipulação de imagem da modelo", e destacou que está preocupado com a repercussão que a foto pode ter.


Filippa acrescentou que os donos da marca "devem uma grande desculpa as mulheres americanas", e que se sente orgulhosa de sua aparência, já que uma modelo deve ter uma aparência saudável.


A empresa, por sua vez, se desculpou e retirou a publicidade, que era exibida apenas no Japão.


A Ralph Lauren afirmou ainda que Filippa é uma mulher "bonita e saudável", e que a relação de trabalho com ela se encerrou pela "incapacidade da modelo de cumprir suas obrigações contratuais".

Um comentário:

  1. A primeira foto tá monstruosa!
    Acho que edição deve ter limites.

    ResponderExcluir